quarta-feira, 1 de agosto de 2012

Corpornô - Pornô Corpo ou Yes Porn?
















Acima estão algumas imagens do meu novo projeto. Ainda sem nome definido, pode ser qualquer um desses no título do post, ou nenhum deles. 
Sigo a todo vapor nos ensaios e fora dele, como uma ave de rapina, um urubu de taras. 
O projeto propõe uma reflexão sobre o tênue limite entre o erotismo e a pornografia.
Ele começou a ser pensado por volta de 2005, e foi sendo empurrado até o momento atual, pois ainda não me sentia maduro artisticamente o suficiente para sustentar a própria ideia. 
Entre os anos de 2008 e 2009, eu, Wilemara Barros e Lairton Freitas fizemos centenas de fotografias eróticas, o que me motivou novamente a querer realizar o projeto, com os dois na época. 
Agora, três anos depois, eis que chega a hora. Andei as ultimas madrugadas editando, chafurdando todas as imagens que tenho, são muitas, são registros de uma vida nua, sem pudor de oferecer ao corpo o que ele deseja. 
Nas últimas noites me dei conta da potência destas imagens, e me dei conta do quanto elas são importantes na construção do trabalho. 
Aqui a maioria das fotos são minhas ou da Wila, as fotos do Lali eu prefiro não postar, por conta do trabalho dele (envolve burocracia, e eu quero preserva-lo), mas as nossas não há nenhum problema, pelo contrário, acho que são imagens lindas, e fortes até.
As fotos do Lali, e outras fotos de sexo estarão presentes no trabalho, um desbunde de belas! 
Conversamos ontem, o que já havíamos programado meses atrás, e faremos sim mais algumas centenas no final de agosto. 
Em setembro apresentaremos o primeiro exercício. 


P.S- É importante falar que as fotos não foram nem serão feitas em função do projeto, elas são parte da minha vida. Das nossas vidas.



5 comentários:

  1. vontade tenho, mas me falta coragem de expor meu corpo nu assim em fotografias!

    mas tenho milhares delas só minhas!!!

    ResponderExcluir
  2. Mauri, é que isso é uma coisa que se constroi, venho construindo a minha relação com isso ao longo dos anos, nunca partiria assim: decidi colocar e expus. É assim, com um motivo, por um motivo...desses que nos permitem ser o que realmente queremos. rs
    Bjim em vc.

    ResponderExcluir
  3. Cara , adoro seus textos, pensamentos e fotos! Meus parabéns pelo blog.

    ResponderExcluir
  4. Obrigado Moreno! Muito bom saber que chego em outras pessoas e que não estou sozinho aqui.

    ResponderExcluir